OSB - Oriented Strand Board
Sorry, no images found attached to this page.

As placas de partículas orientadas designadas por OSB (Oriented Strand Board) são apresentadas em várias dimensões e espessuras. Estas placas são produzidas a partir de partículas de madeira obtidas de árvores de crescimento rápido com pequeno diâmetro, maioritariamente o pinho marítimo. Estas partículas, com dimensões médias de 10 por 2,5 cm, são aglomeradas sob calor e pressão usando-se resinas e produtos químicos que tornam a madeira completamente inerte e resistente à água. Alguns fabricantes poderão também adicionar produtos que retardem a acção do fogo. Usando-se avançada tecnologia e maquinaria sofisticada, as partículas de madeira são orientadas numa única direcção e sobrepostas em camadas cruzadas formando uma placa de grande resistência estrutural.

As placas de partículas orientadas surgiram nos Estados Unidos no início da década de 80 e rapidamente ganharam aceitação entre os técnicos, engenheiros e construtores. Em 1994, mais de 250 milhões de placas foram utilizados na indústria e na construção só nos Estados Unidos e Canadá. Mais de duas dezenas de grandes grupos de empresas iniciaram a produção de OSB tanto no continente norte americano como na Europa, nomeadamente no Reino Unido e em França. Surgiu então uma associação representativa desta indústria, a Structural Board Association, que não só publicita e desenvolve este produto como também padroniza e fiscaliza a sua qualidade.

As placas de partículas orientadas são normalmente aplicadas como revestimento da estrutura com perfis de aço galvanizado, tanto em paredes como em telhados, aumentando a sua consistência. Servem de suporte ao isolamento interior e ao revestimento exterior, actuando também como escudo dispersor térmico.

Numa época de crescentes preocupações ambientais, o OSB revela ser um material bastante vantajoso. As árvores utilizadas como matéria prima destas placas crescem em bosques que se auto regeneram. O processo de fabricação utiliza mais de 90% do tronco sendo o resto utilizado na produção de energia. Devido à recente história do OSB, cada fábrica foi desenhada para satisfazer os mais exigentes padrões de qualidade e de segurança ambiental o que significou um investimento de centenas de milhares de contos em cada uma delas. As placas estabilizam e curam completamente durante o processo de fabrico de forma que não existe qualquer emanação mensurável de gases ao serem manuseadas e aplicadas.

O OSB é um produto reconhecido pelos códigos construtivos dos Estados Unidos e Canadá para fins estruturais. A sua especificação e aplicação encontra-se regulamentada no documento DOC PS2-92 Wood-Based Structural Use Panels aprovado pelo Congresso dos Estados Unidos em Agosto de 1992. Na Europa, a marca de OSB actualmente utilizada pela Steel, encontra-se certificado pelos seguintes organismos:

AFAQ ISO 9002 1995/3962 EQNET
CTBA MQ 83
BBA 88/2079
KOMO 32565/94
UBAM Z 91326
ETA MK 5.40/1237
WIMLAS 26, 27/95
AITIM EN 120:1992

A sua especificação e aplicação encontra-se regulamentada no documento prEN 300 : 1995-E aprovado em Outubro de 1995 pelo European Commitee for Standardization do qual Portugal é membro.

Conheça ainda algumas das características das placas OSB



del.icio.usFacebook

Comentários

Add a New Comment

Adicione aqui os seus comentários a esta página